RELEASE

Dona de uma das mais belas vozes da nova safra de artistas brasileiras, a cantora e percussionista Júlia Vargas vem se consolidando como mais do que uma promessa. Apadrinhada por ninguém mais, ninguém menos que Milton Nascimento - que assim que a viu cantando, de imediato a convidou para participar de seu show, que aconteceria no dia seguinte -, Júlia também emocionou nomes como Ivan Lins (de quem ganhou uma música inédita, gravada no primeiro trabalho da cantora) e Alceu Valença (que a convidou para abrir um de seus shows, na Fundição Progresso/RJ). Lançou, no final de 2015, seu mais recente trabalho, o CD e DVD “Júlia Vargas & os Barnabés- ao vivo em Niterói”, onde mostra toda sua versatilidade e maturidade ao interpretar clássicos da MPB, canções de novos compositores e músicas garimpadas a partir de sua pesquisa por ritmos regionais e africanos.

Lançado pelo selo Porangareté e distribuído pela Coqueiro Verde, o show foi gravado pela produtora Avera Filmes, no Teatro Municipal de Niterói. O repertório do trabalho mescla a obra agreste de Cátia de França e o frescor de Claos Mózi, compositor da nova geração com canções atemporais do padrinho Milton Nascimento, Gilberto Gil e o cancioneiro de Luhli. Há ainda as músicas de Miriam Makeba no dialeto Xhosa da África do Sul e de Rodrigo Maranhão. Destaque para a ótima “Desabafo”, de Cecéu, já famosa na voz de Júlia. O show é conduzido pela direção musical do violonista Rodrigo Garcia (músico que já tocou com Cássia Eller), acompanhado por uma banda com renomados músicos brasileiros: Marcelo Bernades, integrante da banda de Chico Buarque e que já tocou com Maria Bethânia, Djavan e outros; Ary Dias, fundador do lendário grupo A Cor do Som e que já tocou com todos os grandes nomes da MPB; Durval Pereira, mestre supremo da zabumba. Jander Ribeiro (viola elétrica), Alex Merlino (baterista), e Max Dias (baixo) completam o time.

Em 2015, Júlia também chamou atenção pela parceria com Chico Chico, cantor e compositor carioca, filho de Cássia Eller e que lançou em 2015 seu primeiro disco. Completado por Rodrigo Garcia, violonista que já tocou com Cássia Eller e que foi o responsável pelo encontro entre Júlia e Chico, o trio fez dezenas de shows no estado do Rio, tendo se apresentado também em Minas Gerais e São Paulo.

Suas participações no shows de grandes nomes da MPB rendem à Júlia cada vez mais convites para participar de outros projetos e shows. Júlia dá muitas canjas em shows de outros artistas do seu selo, a Porangareté: nomes como a banda Pietá, Carlos Posada. Outro parceiro do selo é a banda Giras Gerais, da qual Júlia também faz parte. Participou do “Baile do Almeidinha”, capitaneado por Hamilton de Holanda no Circo Voador, foi convidada para integrar o projeto “Mar Azul”, em homenagem ao Clube da Esquina e foi Artista Faro MPB em outubro de 2015.

CANÇÕES

VÍDEOS










CONTATOS

juliavargasproducao@gmail.com